15.7.14

Tagged Under: ,

Juventude roubada.

Share
Quando dei por mim! 
Via o mundo de uma certa altura.
 Minha face já não era a mesma. 
A delicadeza perdi me restando a dureza no coração. 
Tinha em meu rosto algo que espetava, tinha conhecimentos que nem imaginava ter.
Com a vida fui sendo moldado, consequentemente aprendi com as conseqüências. Chegou certo tempo que me perguntei. 
Onde foi aquele garoto que via o mundo com olhar de inocência e tranquilidade? 
Onde estará o dono daqueles olhos que via o mundo com ternura? Aquele que não se casava de brincar na terra? 
Sem medo de se sujar sem medo do futuro. 
Más ele se foi sem dizer adeus! 
Acordei em mim mesmo.
E dele me restou as cicatrizes e as boas lembranças. 
Foi duro, mas o tempo o roubou de mim!

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado pelo tempo que usou a ler minhas poesias.
Sugestões são bem vindas ou criticas.

Need an Invite?

Want to attend the wedding event? Be our guest, give us a message.

Nome E-mail * Mensagem *

Our Location